Segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

Vilar de Mouros - 1968

Em 1968, o médico Vilarmourense António Augusto Barge repetiu o festival (o anterior tinha ocorrido em 1965) onde reuniu a Banda da GNR, Zeca Afonso, Carlos Paredes, Luís Goês, Adriano Correia de Oliveira, Quinteto Académico+2, Shegundo Galarza e alguns grupos folclóricos. Estima-se que assistiram a este festival cerca de quinze mil pessoas, repartidos por três dias.

"Foi na casa ao cimo do Caminho de Chêlo, onde se encontravam os verdadeiros «bastidores» do festival, que Zeca Afonso veio a conhecer Manuel Freire, então um cantor pouco conhecido que ainda «não sabia nem sonhava» que a sua Pedra Filosofal iria ter tanto êxito. «Manuel Freire conheceu Zeca Afonso aqui ao lado, na varanda da nossa casa», conta Isabel Barge. «Tornaram-se amigos e logo aí o doutor José Afonso, como era oficialmente tratado, convidou Manuel Freire, então com 26 anos, para cantarem juntos, o que aconteceu duas vezes na semana seguinte.»"


O festival de 1968 não passou despercebido à PIDE (polícia política), que recebeu relatórios sobre as canções proibidas cantadas em coro por Zeca Afonso e pelo público, mas teve pouco impacto no país, ao ponto de ainda hoje ser atribuído o nascimento do festival à edição de 1971.

"O palco era muito simples", lembra José, uma dos poucos músicos que ainda podem contar a história. Para o evento, o Quinteto Académico decide encomendar uma aparelhagem dos EUA, com uns muito modestos 200 watts. "Na altura não era nada mau, tinha duas colunas pequenas e fizemos uma ligação a mais duas, para as pessoas ouvirem no recinto." O sistema de som artesanal era suficientemente profissional para servir para todos os músicos da noite, com um espantando Zeca Afonso a dizer, "Opá, parece que estou em casa". O foco da noite estava mesmo nas palavras do cantor de Aveiro. Com a primavera marcelista acabada de florescer, o público procurava incentivos de liberdade.

Foto: Carlos Paredes, Adriano Correia de Oliveira e Zeca Afonso.



publicado por marius70 às 06:26
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Luís Arriaga

. 3º Congresso da Oposição ...

. Círculo Mercantil de Sant...

. Praza da Quintana em Sant...

. Círculo Cultural de Setúb...

.arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds