Sábado, 5 de Agosto de 2017

Zeca pelo olhar do pai.

numa carta enviada de Díli para o irmão Filomeno.

«Não é uma criança má nem lorpa. Em Lourenço Marques, o professor, apesar de não o compreender, afirmava que ele é inteligente. Quanto a bondade, dizia que ele era o melhor aluno que tinha na escola! Então que é ele? Não sei. Sei apenas que é uma criança... terrivelmente criança»

Um Olhar Fraterno" de João Afonso dos Santos


publicado por marius70 às 14:41
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Agosto de 2017

O que me ficou de Coimbra...

«O que me ficou de Coimbra... o lirismo também. Nós vivíamos em Coimbra acima das suas possibilidades reais. Imaginava Coimbra acima das suas reais dimensões. Era uma Coimbra poetizada porque quando eu queria concretizar na cidade essa imagem, era uma chateza do caraças.

Invariavelmente ia dar à Rua Visconde da Luz, à Ferreira Borges, e encontrava os mesmos tipos nos mesmos lugares, ali no Arcádia, e pensava muitas vezes: afinal esta cidade é muito mais fechada, é muito mais prosaica do que possa parecer.»

Zeca Afonso


"José Afonso, o Rosto da Utopia", de José A. Salvador

Foto: Zeca com António Portugal


publicado por marius70 às 10:28
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Agosto de 2017

88 anos do Zeca

José Afonso nasceu a 2 de agosto de 1929. Se fosse vivo hoje faria 88 anos.

Parabéns Zeca

"Zeca resulta da enxertia de uma cepa beirã (pai) em vide minhota (mãe), ambas transplantadas para a foz do Vouga. Da combinação onomástica dos progenitores saiu-lhe o nome: José Manuel Cerqueira Afonso dos Santos. As contingências, sempre arbitrárias, reduziram-no mais tarde para José Afonso, Zeca para os mais íntimos (...)

Não existe a casa onde Zeca nasceu, na parte superior daquilo que foi a escola infantil, por essa altura a cargo da mãe. Uma instituição pré-primária que remontava ao liberalismo"


"Um Olhar Fraterno" de João Afonso dos Santos


publicado por marius70 às 00:01
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Agosto de 2017

Zeca pelo olhar do irmão João

"Dos três irmãos (João, Zeca e Mariazinha), foi ele quem mais se aproximou, na fisionomia e talvez na psicologia, dos Cerqueiras. (...) A tez clara, os olhos rasgados (para horizontes invisíveis) e também uma sensitiva vibração, a capacidade imagética, a descoberta do lado oculto das coisas vinham, a meu ver, da costela Cerqueira ou talvez da parte Dantas Cerqueira.

Mas a moldura era dos Afonsos, neste sentido de que puxava ao pai, por sua vez mais parecido com o pai dele (o avô Santos) do que com a mãe (a avó Lucrécia) onde o sobrenome Afonso vai buscar afinal a sua origem."


"Um Olhar Fraterno" de João Afonso dos Santos


publicado por marius70 às 11:39
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Luís Arriaga

. 3º Congresso da Oposição ...

. Círculo Mercantil de Sant...

. Praza da Quintana em Sant...

. Círculo Cultural de Setúb...

.arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds