Segunda-feira, 17 de Agosto de 2015

José Manuel Nebot - fotógrafo

"El cantautor portugués Jose Afonso, compositor de «Grandola, Vila Morena», la canción utilizada por los militares demócratas como señal en la radio para iniciar el levantamiento contra la dictadura y la guerra colonial, había actuado anteriormente en Asturias, recuerda el fotógrafo José Manuel Nebot, uno de los organizadores del concierto.

Nebot, militante del PCE y gran dinamizador de la vida cultural y social asturiana, acogió en su casa a Afonso, al que recuerda como «un hombre muy serio y muy riguroso. Yo militaba en el Partido Comunista y él en la extrema izquierda portuguesa, pero llegamos a tener una gran confianza. No tenía nada que ver con otros cantautores que eran tipos más ligeros, más triviales, él era una persona muy interesante y muy comprometida».

El cantautor volvería a actuar en Asturias ya con posterioridad al derrocamiento de la dictadura, convertido en todo un héroe y un símbolo de la lucha por la democracia.

Nebot rememora la actuación de Afonso en el «prao de los Maizales», lugar donde diferentes asociaciones culturales celebraban cada verano la Fiesta de la Cultura, punto de encuentro de todo el antifranquismo asturiano.

Allí ante una multitud que coreó muchas de sus canciones, entre ellas «Grandola, Vila Morena», mundialmente famosa a raíz de la revolución y convertida en un clásico del cancionero de la izquierda internacionalista."

Daqui: http://www.lne.es/siglo-xxi/2009/07/01/recuerdos-asturianos-de-la-primavera-portuguesa/774863.html

O panfleto e as fotos são desta última atuação.


publicado por marius70 às 22:45
link do post | comentar | favorito

Zeca e a FAPIR


"Eu faço parte da FAPIR (Frente dos Artistas Populares e Intelectuais Revolucionários). Vivo em Setúbal. A maior parte das vezes sou directamente convidado (...) A FAPIR tem uma estrutura que distribuiu os cantores pelos próprios locais. Acontece que eu, além de ser directamente convidado e estabelecer eu próprio as minhas prioridades, o meu raio de acção é aqui no Sul, também vou frequentemente à emigração. E aí na emigração, damos sessões em que fazemos colectas para a Reforma Agrária e outras iniciativas de poder popular, em que explicamos o que é a Reforma Agrária, (...)

Na Bélgica, na Alemanha, na própria Itália gravámos discos selvagens cujo produto se destinará a tal ou tal secretariado de cooperativas da zona da reforma agrária(...) Quando vamos cantar a casas... às «Maison de Jeunesse»... nós até recebemos, de vez em quando, uma pequena remuneração, e era esse o modo de vida dos cantores que me acompanhavam. Outras vezes, não ganhávamos nada, porque nas idas a França e à Alemanha, o dinheiro que trazemos é para esses pequenos apoios ao chamado Poder Popular."

In "Livra-te do Medo" de José A. Salvador



publicado por marius70 às 22:34
link do post | comentar | favorito

Poesia do Zeca - Rodasse ou não a roda


publicado por marius70 às 22:29
link do post | comentar | favorito
Sábado, 8 de Agosto de 2015

«Tive sempre uma paixão por Olhão»

"Eu vivi em Faro, mas tive sempre uma determinada aversão a Faro, porque em Faro dizia-se depreciativamente que «os de Olhão eram uns desgraçados» e que «em Olhão era porta sim, porta não» (...) Eu ia todas as semanas a Olhão, fazia quase o meu roteiro pessoal em Olhão... recordo-me que havia um colega meu que se encarregava de fornecer à PIDE dados sobre as minhas passeatas a Olhão, que eram puramente contemplativas. Infelizmente, eu não tinha actividade política nenhuma.

Andava pelas cabanitas, ia até ao cais e deambulava um pouco por todo o lado.

A canção de Olhão resulta do meu conhecimento pessoal de Olhão."

Fonte: "Livra-te do Medo" de José A. Salvador


Foto: Zeca Afonso (atrás de Francisco Fanhais) numa festa em Pechão - Olhão em 1977



publicado por marius70 às 17:12
link do post | comentar | favorito

Quando Zeca foi expulso do ensino

Testemunho de Hélida, aluna de Zeca.

(clicar na foto para melhor leitura)


publicado por marius70 às 17:06
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Luís Arriaga

. 3º Congresso da Oposição ...

. Círculo Mercantil de Sant...

. Praza da Quintana em Sant...

. Círculo Cultural de Setúb...

.arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds