Terça-feira, 10 de Março de 2015

"Eu Canto Para Que Os Desertos Fiquem à Sombra"

Cancioneiro publicado clandestinamente antes da Revolução de Abril de 1974, provavelmente em 1969 (edição dos Organismos Operários da Acção Católica) em papel pardo com letras de músicas de cantores de intervenção juntamente com cânticos litúrgicos.



Nas duas primeiras páginas só traz estes versos:

"Quem poderá proibir estas letras de chuva
Que gota a gota escrevem nas vidraças
Pátria viúva
A dor que passas"

"Só cantando se pode incomodar
Quem à vileza do silêncio nos obriga
Eu venho incomodar
Trago palavras como bofetadas
e é inútil mandarem-me cantar"

(A 1ª quadra é de Manuel Alegre do poema "Canção tão simples" e a 2ª quintilha do poema do mesmo autor "Apresentação". Aparte meu)

Nas suas 80 páginas pode-se encontrar José Afonso, Luís Cília, Manuel Freire, Adriano Correia de Oliveira, Francisco Fanhais, Chico Buarque, Geraldes Vandré, entre outros, assim como "O pobre meu irmão", Letra e Música de Religiosa Brasileira.

Na página 14 os "Vampiros" de Zeca Afonso


Colaboração de Regina Gaspar

Fontes diversas e PENAFIEL, TERRA NOSSA




publicado por marius70 às 03:57
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 4 de Março de 2015

Quando o PPD cantava Grândola Vila Morena

"Diário Popular, 19 de Maio de 1975"

Esclarecimento e repulsa de Zeca Afonso, por essa sua canção ter sido cantada por grupos ligados ao capital.


Refere Zeca neste seu esclarecimento, os distúrbios que houve em Setúbal a 7 de Março de 1975, durante um comício do PPD que resultou na morte pela polícia, do jovem João Manuel.

Sobre este acontecimento, Zeca Afonso musicou o «Foi na cidade do Sado» que faz parte do álbum «República» e gravado em Roma em 1975. Nesse ano, foi lado B do single editado pela LUAR, "Viva o Poder Popular".

"Cai morto João Manuel
De nascimento algarvio
Dezoito já eram feridos
Ficou o Naval vazio

Justiça pela noite fora
Pediu o povo na rua
Morte à polícia assassina
Amigo a vitória é tua"



publicado por marius70 às 21:27
link do post | comentar | favorito

"Testemunho de quem viu e conheceu Zeca Afonso"

(para aumentar, clicar na imagem)

Pesquisa e recolha na Gazeta das Caldas, Regina Gaspar

José Carlos Faria fazia parte do grupo "Charanga" que atuou a 5 de fevereiro de 1983 na Festa de Amizade a Zeca Afonso.

Esse grupo irá voltar a reunir de novo os seus elementos e está previsto o regresso aos palcos a novembro deste ano nas Caldas da Rainha.

Fiz-lhes esta página musical do cd "Aguarela" que lançaram em 1982.


publicado por marius70 às 19:50
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Luís Arriaga

. 3º Congresso da Oposição ...

. Círculo Mercantil de Sant...

. Praza da Quintana em Sant...

. Círculo Cultural de Setúb...

.arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds